Funcionário público é achado degolado dentro de casa em chamas

 

Foto: Divulgação

O funcionário público Federal Iramar Gonçalves Moutinho, de 69 anos, foi degolado e teve a casa incendiada por criminosos nessa quarta-feira (24), no município de Manacapuru, no Amazonas. O crime chocou a vizinhança do bairro Da Liberdade.

Segundo a polícia, no fim da manhã, vizinhos perceberam fumaça saindo do imóvel e tentaram entrar para encontrar o foco, mas a porta estava trancada. Eles chamaram os filhos de Iramar, que chegaram rapidamente e ajudaram a arrombar o portão da garagem.

Durante buscas pelos cômodos, os homens encontraram o Moutinho sem vida em um dos quartos da casa. Ele estava com um saco na cabeça, pés e mãos amarrados e tinha um corte profundo no pescoço. 

Os filhos retiraram o corpo e acionaram a polícia e oCorpo de Bombeiros. Minutos depois, a esposa da vítima foi avisada da tragédia. Ela estava no trabalho quando tudo aconteceu.

Investigadores estiveram no local e não encontraram marcas de arrombamento a não ser a feita pelo grupo que entrou na casa no momento do incêndio. A execução será investigada pela Polícia Civil.

Moradores ficaram perplexos com o crime, pois Iramar era bastante conhecido na cidade e trabalhou por muito tempo como gerente da sede do Ministério do Trabalho no município. O idoso completaria 70 anos no próximo mês de março e não tinha histórico de brigas ou confusões.

Fonte: Portal do Holanda