Menino de 2 anos morre após ser encontrado em cisterna da casa da família, em Luziânia

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um menino de 2 anos morreu após ser resgatado de dentro da cisterna da casa da família, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, o buraco tinha aproximadamente oito metros de profundidade, sendo que havia água numa altura de 2 metros.

O caso ocorreu na tarde da segunda-feira (15), no setor Parque Roosevelt. De acordo com tenente do Corpo de Bombeiros Fábio Leite, testemunhas contaram que a mãe chegou em casa, não viu o menino e questionou o marido, que não sabia onde o filho estava. Ao procurar pela casa, avistaram que o chinelo da criança estava próximo ao poço.

Segundo a corporação, o pai pulou na cisterna para tirar o menino. Eles pegaram a criança e a colocaram em um veículo próprio para levar até uma unidade de saúde. Os militares conseguiram encontrá-los no meio do caminho e colocaram o menino na ambulância.

Os bombeiros tentaram reanimar a criança, mas ela já estava inconsciente e sem respirar. Ao chegar em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), os médicos confirmaram a morte do menino.

O G1 tentou contato com a Polícia Civil por telefone às 8h40 desta terça-feira (16) a fim de saber se os pais da criança prestaram depoimento, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Fonte: G1