Mulher é estuprada e espancada ao romper casamento

 

Foto: Ilustrativa

Um homem de 25 anos foi preso por volta das 8h, desta quarta-feira (10) pelo crime de abuso sexual combinado com violência doméstica contra a sua companheira de 26 anos. A prisão ocorreu no bairro Lírio do Vale, zona oeste de Manaus- AM.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Especializada, o casal vive matrimonialmente há 4 anos e possuem um filho de 3 anos. Segundo a vítima, há 1 ano eles vivem em um relacionamento conturbado, com traições e agressões que não foram denunciadas. Por esse motivo, ela decidiu se separar, no entanto, o homem nunca aceitou.

“Por ele não aceitar a separação, o casal continuou morando junto, mas dormindo em quartos separados. Na noite de terça-feira, ele perguntou se ela, realmente, queria a separação. A mulher disse que sim e foi para o quarto do filho para dormir. Por volta das 23h, ele bateu na porta do cômodo pedindo um travesseiro. Ao abrir a porta, o homem agarrou a mulher que tentou fugir, mas ele a ameaçou, dizendo que iria agredi-la, caso ela não o deixasse entrar no quarto. Ela deixou ele entrar e consentiu o sexo com o mesmo”, explicou a delegada.

Ainda segundo a autoridade policial, na madrugada desta quarta (10), às 3h, ele bateu novamente na porta do quarto, pedindo para dormir na cama, pois segundo ele, não aguentava de dor nas costas. A mulher o deixou entrar, colocou o filho que estava no cômodo entre eles e todos dormiram.

“Pela manhã, por volta de 8h, a criança se levantou para ir ao banheiro, momento em que ele começou a agarrar a vítima, a qual se negava a ceder aos desejos dele. Ele deu um tapa no rosto dela, puxou os seus cabelos, começou a asfixiá-la e a estuprou, inclusive fazendo sexo anal. Na tentativa de interromper o ato, a mulher chamou o filho, pois segundo ela, achava que o homem não continuaria o ato na frente da criança, mas sem êxito”, detalhou Débora Mafra.

Ainda conforme a delegada, quando o ato terminou, a vítima mandou mensagem para sua mãe contando o ocorrido. Na ocasião, o autor começou a jogar as roupas da vítima na sala, dizendo para ela sumir com tudo, caso contrário, ele iria queimar as peças.

“A mãe dela chegou logo em seguida e verificou que a vítima estava com hematomas no corpo. Ela acionou uma guarnição da Polícia Militar, que foram até a residência, prenderam o infrator em flagrante e o conduziram até a Especializada”, disse a delegada.

O homem foi preso em flagrante pelo crime de abuso sexual combinado com violência doméstica. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, o mesmo foi encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Portal do Holanda