75% dos empregos formais em janeiro vieram de micro e pequenas empresas

 


As micro e pequenas empresas (MPE) foram responsáveis por 75% do total de empregos formais registrados em janeiro de 2021. O setor criou aproximadamente 195,6 mil vagas, dentro do total de 260.353. 

Os dados são do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que analisou as estatísticas do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

A pesquisa ainda mostra que o número de novos funcionários gerado pelas micro e pequenas empresas foi quase o dobro do mesmo mês de 2020. As médias e grandes empresas (MGE) também registraram saldo positivo, apesar de menor. Foram 668.257 admissões contra 626.653 desligamentos, o que equivale a 15,9% do total de empregos gerados no Brasil em janeiro.

Porém, o setor do comércio registrou uma maior diferença. Enquanto as micro e pequenas apresentaram saldo positivo de 27,4 mil, as médias e grandes tiveram saldo negativo de 21,3 mil vagas. 

Analisando cada unidade da federação, a pesquisa concluiu que as cinco delas que mais geraram empregos, proporcionalmente, foram Mato Grosso, Goiás, Santa Catarina, Roraima e Rio Grande do Norte, todas com pelo menos 17 novos empregos a cada mil postos de trabalho existentes.

Os estados que menos geraram empregos foram São Paulo, Minas Gerais, Amapá, Rondônia, Rio de Janeiro e Amazonas, também proporcionalmente.



Fonte: Brasil 61