Homem é preso duas vezes na mesma semana por espalhar coronavírus de propósito

 

Foto: Bandnews TV/Reprodução

A Região Sul do país vive o período mais crítico em relação à pandemia do novo coronavírus com alta nas mortes e hospitais sem leitos, com pacientes aguardando por internações. Ainda assim, há quem pareça não estar consciente da gravidade da Covid-19. Um homem foi preso duas vezes nesta semana no Rio Grande do Sul por espalhar o vírus de forma proposital. 

De acordo com a emissora, a polícia diz que o homem foi flagrado circulando pela cidade cuspindo nas mãos e esfregando em maçanetas, carros e outros locais depois de ter testado positivo para a Covid-19.

O contágio do vírus, de acordo com especialistas, é dado majoritariamente pela via área, com espalhamento de gotículas. Daí a importância, de acordo com a ciência, do uso de máscara contra a propagação do novo coronavírus. 

Ao analisar as imagens e constatar que o homem assumia essa ação de forma deliberada, e ele acabou detido. Ele acabou liberado pouco depois.

Poucos dias depois, ele foi flagrado novamente na cidade de Iraí repetindo a ação para propagar o vírus, sendo preso novamente na última quarta-feira (3). De acordo com a emissora, a Brigada Militar o encaminhou para um hospital, onde teve que ser internado compulsoriamente.

Até esta quinta-feira (04), o Rio Grande do Sul registrou o maior número de mortes diárias desde o início da pandemia, com 188 óbitos. Na mesma data, o Brasil ultrapassou a triste marca de mais de 260 mil mortos pela Covid-19. 

Fonte: Band News