Homem é preso suspeito de matar irmã a facadas em briga envolvendo máquina de lavar roupas, em Goiás

 

 Foto: Reprodução/Facebook

Segundo a Polícia Civil, outra irmão tentou separar a briga e levou um corte na mão. Preso foi agredido na rua e precisou ser hospitalizado, mas já recebeu alta e está detido.


Um homem de 55 anos foi preso suspeito de matar a irmã mais nova, Lúcia Oliveira de Sá, de 37 anos, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Segundo o delegado responsável pelas investigações, Rogério Bicalho, eles discutiram por um motivo fútil, envolvendo uma máquina de lavar roupas.

“O que foi apurado é que se desentenderam por causa de uma besteira, é citada uma máquina de lavar roupa. Tiveram um desentendimento e ele esfaqueou ela”, disse.
Até a publicação desta reportagem, o preso não havia sido ouvido pela Polícia Civil devido aos ferimentos que sofreu. Por isso, não foi possível localizar a defesa dele para pedir uma posição sobre o caso.

O crime aconteceu no sábado (27). Segundo a Polícia Civil, após esfaquear a irmã, o preso saiu de casa e foi atacado por pessoas que estavam na rua. Consta nos registros que ele foi apedrejado e agredido, foi levado a um hospital, mas recebeu alta e foi encaminhado para uma cela no 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia.

Foto: Reprodução/Polícia Civil

Imagens da casa onde o homicídio ocorreu mostram que houve luta corporal entre os irmãos: móveis e eletrodomésticos foram derrubados e tirados do lugar.

Também de acordo com o que foi apurado pela equipe de policiais que esteve no local, outra irmã, que tentou separar a briga, acabou levando um corte na mão, mas passa bem.

Equipe de reportagem entrou em contato com a Polícia Técnico Científica, às 10h40 desta segunda-feira (29), para saber se o corpo da vítima foi periciado e liberado para a família. Porém, não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Fonte: G1