Homem mata enteada por não aceitar fim de relacionamento e morre horas depois em acidente

 

Foto: Reprodução/TV Globo

Um homem assassinou a enteada a facadas, no interior do Paraná, por não aceitar o fim do relacionamento com a mãe da jovem. O suspeito José Altamiro Gomes da Silva, porém, também morreu horas depois em um acidente automobilístico.

O caso aconteceu em Foz do Iguaçu na manhã do último sábado. Maria Eduarda Hoffmann, de apenas 16 anos, foi morta enquanto dormia em sua residência. A delegada responsável pelo caso, Iane Cardoso, explicou que o crime foi premeditado e motivado pelo término do relacionamento de José Altamiro com a mãe da adolescente.

"A motivação foi em virtude da mulher do autor estar preparando todo o trâmite para se separar. Ela já tinha deixado claro para ele que não desejava manter o relacionamento. Isso perdurava por cerca de um ano, e ele não se conformava. Ele ameaçava dizendo que ia tirar o bem mais precioso que ela tinha na vida", explicou.

A mãe de Maria Eduarda estava trabalhando no momento do crime. Ela relatou, em depoimento, que não acreditava que o companheiro fosse capaz de cumprir a ameaça.

José Altamiro conseguiu escapar do local, mas envolveu-se em um acidente fatal na noite do mesmo sábado, em Cascavel. Ele pilotava uma moto na BR-277 quando perdeu o controle, invadiu a pista contrária e bateu de frente com um ônibus, morrendo na hora.

O corpo de Maria Eduarda foi enterrado no último domingo em Missal, no norte do Paraná. Na última segunda-feira, amigos e familiares da jovem realizaram uma carreata em Foz do Iguaçu, pedindo por Justiça.

Fonte: BR Notícias