Instituto Butantan anuncia vacina nacional contra a Covid-19 e prevê produção em julho

 


Vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan deve ser testada em humanos a partir de abril.

O anúncio de produção do imunizante ButanVac foi feito na sexta-feira pelo governo de São Paulo.

Para iniciar a fase de testes necessita de aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A vacina já foi testada em animais, na Índia.

De acordo com o Instituto Butantan, o desenvolvimento do fármaco teve início há um ano, a partir de vetor viral, que é a proteína spike do novo coronavírus de forma integral.

O diretor do instituto, Dimas Covas, explicou que o vírus utilizado como vetor da vacina é o da Doença de Newcastle, uma infecção que só afeta aves.

A próxima etapa, se aprovada pela Anvisa, é realizar testes com MIL 800 voluntários acima de 18 anos, ainda não contemplados no Programa Nacional de Imunizações.

Os estudos devem durar entre 45 e 75 dias e a previsão para produção em larga escala é no mês de maio, a partir de resultados positivos nos testes.

A meta é produzir 40 milhões de doses até o fim deste ano, mas a vacinação deve ser iniciada em julho.


Agência Brasil