Bolívia e Peru fecham fronteiras com o Brasil para evitar contaminação pelo novo coronavírus

 


Novas variantes do coronavírus que circulam pelo Brasil motivaram o fechamento das fronteiras da Bolívia e do Peru.

A medida preventiva, adotada pelo governo boliviano vale a partir de sexta-feira, 02 de abril.

Já o governo peruano ampliou a proibição de voos do país até 15 de abril.

O presidente da Bolívia Luis Arce declarou, em redes sociais, que municípios fronteiriços que tiverem registros de casos de variantes brasileiras entrarão em quarentena.

Ficam fechadas as divisas entre os dois países numa extensão de TRÊS MIL 400 quilômetros de florestas e rios.

Não houve comunicação de medidas em relação às viagens aéreas, mas determinação anterior exige do viajante teste negativo para a Covid-19.