Brasil ultrapassa 392 mil óbitos por Covid-19; médias móveis indicam tendência de queda nos casos e mortes


O Brasil já contabiliza mais de 392 mil vidas perdidas por Covid-19 e se aproxima dos 14 milhões e 400 mil contaminados

Segundo boletim do consórcio de imprensa, divulgado na noite desta segunda, 26 de abril, desde o começo da pandemia o nosso país agora soma 14 milhões, 370 mil, 456 casos confirmados e 392 mil, 204 óbitos em razão da doença.

Apenas no último dia foram registradas MIL, 279 novas mortes por Covid e 31 mil e 44 novos diagnósticos positivos de infecção por coronavírus.

Em média, na última semana, foram registrados, por dia, 56 mil, 106 novos diagnósticos e duas mil, 451 mortes.

Tanto em casos como em mortes, as médias atuais variaram para baixo em relação às médias registradas há duas semanas, -21 e -20 por cento, respectivamente, índices que, segundo os  especialistas, indicam tendência de queda.

O consórcio de imprensa, formado por seis diferentes veículos, também está acompanhando o processo de vacinação contra a covid no Brasil.

O balanço desta segunda aponta que, juntos, os 26 estados e o Distrito Federal aplicaram a primeira dose do imunizante em 29 milhões, 554 mil, 723 pessoas, o que representa praticamente 14% da população brasileira.

Pouco mais de 13 milhões e 100 mil receberam também a segunda dose do imunizante.

No total, 42.682.322 doses foram aplicadas em todo o nosso país.