Butantan deve retomar produção da CoronaVac com chegada de insumos da China em 12 dias

 


Um dia após o anúncio de paralisação do envase da vacina CoronaVac por falta de insumos, governo de São Paulo confirma a liberação de uma nova remessa, pela China, do IFA – Ingrediente Farmacêutico Ativo.

A matéria-prima necessária para produção e envase da vacina, parceria do Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, deve chegar a São Paulo na terça-feira da outra semana, 20 de abril.

Segundo o governo, foram embarcados TRÊS MIL litros de IFA, suficientes para formular CINCO MILHÕES de doses.

Até 19 de abril, o Instituto Butantan promete entregar TRÊS MILHÕES 300 MIL doses da CoronaVac, já em produção com a matéria-prima existente.

Agência Brasil