Criança de 9 anos morre após cinco dias internada com suspeita de dengue hemorrágica

 

 Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Menina foi hospitalizada em Goianésia, onde mora, mas teve que ser transferida para Goiânia. Segundo médico, caso evoluiu rapidamente.


Uma menina de 9 anos morreu com suspeita de dengue hemorrágica após cinco dias de internação. Ela foi hospitalizada em Goianésia, no centro de Goiás, mas foi transferida horas depois para Goiânia, onde faleceu na terça-feira (30).

O pediatra e diretor clínico do Hospital Santa Luzia, Bráulio Campos Júnior, foi quem atendeu a paciente em 25 de março, na cidade do interior. Segundo ele, a criança já tinha manchas roxas pelo corpo e estava com exames muito alterados.

“A evolução foi muito rápida. Por isso, a transferimos para Goiânia no mesmo dia, para o Hospital da Criança, porque ela ia precisar de transfusão de plaquetas. Os exames deram muito alterados, indicando suspeita de dengue hemorrágica”, explicou.
O G1 tenta contato com o Hospital da Criança desde 11h15 para saber como foi a evolução do quadro dela durante a internação, mas as ligações não foram atendidas e os e-mails enviados não foram respondidos até a publicação desta reportagem.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou, por telefone, que a confirmação da morte por dengue hemorrágica leva cerca de quatro meses para ser dada devido aos exames exigidos.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde de Goianésia para saber sobre os números de casos de dengue na cidade e aguarda retorno.

A escola em que a menina cursava o 4º ano do ensino fundamental publicou uma nota de pesar e cancelou as aulas no dia seguinte ao falecimento da criança.

Fonte: G1