Diabéticos devem adotar cuidados para prevenção da cegueira; evolução pode ser silenciosa

 


Prevenção e diagnóstico precoce são fundamentais para combater a retinopatia diabética, uma das principais causas de cegueira no Brasil. 

O problema ocular está entre as complicações mais comuns nos diabéticos e em metade dos casos, o quadro pode evoluir para a perda irreversível da visão. 

O oftalmologista especializado em retina, José Augusto Cardillo, explica que a retinopatia diabética tem relação com o aumento da glicemia: 

SONORA 

O médico diz que a maioria dos casos de cegueira em diabéticos pode ser evitada se o paciente for regularmente ao oftalmologista: 

SONORA  

O oftalmologista José Augusto Cardillo fala dos tratamentos que podem ser utilizados quando a retinopatia diabética já está em um estágio mais avançado: 

SONORA 

O médico alerta que é importante o paciente não abandonar o tratamento, mesmo durante a pandemia: 

SONORA 

Hoje, no Brasil, cerca de 14 milhões de pessoas têm diabetes, um número que corresponde a mais de sete por cento da população. 

É muito importante que esses pacientes procurem um oftalmologista, pelo menos uma vez por ano, para realizar exames e afastar o risco de cegueira irreversível.