ESTUPRADOR É PRESO EM JATAÍ: SUSPEITO PRATICAVA ATOS LIBIDINOSOS COM A ENTEADA DESDE QUANDO ELA ERA CRIANÇA

 

Foto: Ilustrativa

Na tarde desta Quinta-feira 22 de abril, policiais civis da DEAM de Jataí cumpriram mandado de prisão preventiva de um homem investigado por praticar sexo com a enteada desde quando ela ainda era criança. Para o êxito das diligências houve empenho coordenado de diversos órgãos: Polícia Civil, Conselho Tutelar, Ministério Público e Poder Judiciário.
Inicialmente a DEAM recebeu denúncia anônima acerca do fato e compartilhou a informação com o Conselho Tutelar, que localizou e entrevistou a vítima. Ela narrou todos os abusos praticados pelo padrasto ao longo de diversos anos.
Simultaneamente, investigadores da DEAM abordaram o suspeito e o interrogaram, ocasião em que ele confessou parcialmente. Enquanto o investigado ainda estava prestando declarações na DEAM, o delegado representou pela decretação de sua prisão preventiva e, de ofício, solicitou medidas protetivas para a vítima. Em poucos minutos o Ministério Público emitiu parecer e o Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Jataí decretou a prisão e concedeu medidas protetivas, tudo enquanto o autor ainda estava na delegacia. Ao mesmo tempo, a vítima foi submetida a exame de corpo de delito, com acompanhamento do Conselho Tutelar.
O inquérito policial será concluído no prazo máximo de 10 dias.
A pena para do crime de estupro de vulnerável pode chegar a 15 anos de reclusão, com possibilidade de aumento em razão da continuidade delitiva e da relação de afeto que havia entre autor e vítima.
Não será prestada nenhuma informação pessoal sobre os envolvidos para preservar a identidade da vítima.
Fonte: Polícia Civil