PIX agendado será opção obrigatória a todos os bancos a partir de 1º de setembro

 


A partir de 1º de setembro, todas as instituições financeiras deveram disponibilizar o serviço de pagamentos agendados pelo PIX.

O Banco Central aprovou o serviço PIX Agendado, que vai permitir programar os pagamentos por meio da chave ou dados bancários.

Até o momento, apenas transferências à vista estão liberadas.

O prazo estabelecido – pouco mais de quatro meses – é para que bancos e financeiras façam ajustes no sistema e nas interfaces operacionais acessadas pelos clientes.

O pagamento pelo PIX pode ser feito pelo internet banking e por aplicativos de celular.

Outra medida anunciada pelo Banco Central é a extensão do prazo para que instituições façam adequações à nova modalidade de PIX Cobrança, que será lançada em 14 de maio.

Será um serviço de cobrança que substitui o código de barras por um QRCode, e que também pode ser programado para data futura.

Os ajustes devem ser feitos até 30 de junho para que o serviço seja oferecido integralmente aos usuários no dia 1º de julho.