Brutal: Mulher é morta a facadas e tem corpo incendiado pelo marido

 

Foto: Divulgação

11 facadas, queimada e escondida debaixo da cama. Foi assim que a doméstica Verônica Sena dos Santos, de 37 anos, perdeu a vida, na noite de sábado (1º), no beco José Antunes, Morro da Liberdade, Zona Sul de Manaus. Ela não foi assassinada por ladrões ou estupradores, mas pelo próprio marido que cometeu o crime brutal dentro do imóvel onde o casal morava.

Vizinhos informaram às autoridades que Verônica e o marido, identificado até o momento apenas como "Wilson", residiam no local há meses. No entanto, ultimamente, a relação do casal estava sendo marcada por desentendimentos.

Na tarde deste sábado, os moradores da área voltaram a ouvir mais uma briga, entretanto, após alguns instantes, a voz de Verônica se calou, e pouco tempo depois, uma nuvem de fumaça começou a surgir sobre a casa. Era o corpo da doméstica que estava sendo queimado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas o fogo já havia sido apagado pelos moradores da localidade. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo.

O assassino segue foragido A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.

Fonte: Portal do Holanda